Papa Francisco: prossegue recuperação após cirurgia. Domingo o Angelus será do Hospital

Paz e Bem!

O Papa Francisco retomou o trabalho e celebrou a Missa com quem o assiste. Não teve mais episódios de febre e no domingo o Angelus será rezado do 10º andar da Policlínica Gemelli.

O Papa Francisco “transcorreu um dia tranquilo, com uma normal convalescência clínica. Continua a alimentar-se regularmente e prossegue os tratamentos programados.” É o que refere o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni.

De acordo com o comunicado desta sexta-feira (09/07), o Papa “passeou pelo corredor e retomou o trabalho, alternando-o com momentos de leitura. À tarde, celebrou a Santa Missa na Capelinha do apartamento privado, da qual participou quem o assiste nesses dias de internação”.

“Depois de um leve episódio febril – informa Bruni -, o Santo Padre é apirético.” “Por ocasião do próximo domingo, acrescenta, está prevista a oração do Angelus do 10° andar da Policlínica Universitária “A. Gemelli”.

O Santo Padre, assim se conclui o comunicado, “agradece pelas numerosas mensagens de afeto e proximidade que recebe diariamente e pede que continuem a rezar por ele”.


HISTÓRICO

Quarta (07/07)

O exame histológico confirma a diverticulite. Francisco “está comovido com as muitas mensagens e o carinho recebidos nestes dias e expressa sua gratidão pela proximidade e as orações”.

Continua o período pós-operatório do Papa, que no domingo foi submetido a uma cirurgia programada no intestino. É o que explica o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, em comunicado.

“A convalescência de Sua Santidade Papa Francisco – declara Bruni – prossegue de forma regular e satisfatória. O Santo Padre continua a se alimentar regularmente, tendo sido suspensa a terapia de infusão.”

“O exame histológico definitivo – acrescenta o diretor da Sala de Imprensa – confirmou uma estenose diverticular grave com sinais de diverticulite esclerosante.”

Por fim, Bruni informa que “o Papa Francisco está comovido com as muitas mensagens e o carinho recebidos nestes dias e expressa sua gratidão pela proximidade e as orações”.

Terça (06/07)

Francisco repousou bem durante a noite e esta manhã leu alguns jornais. Os resultados dos exames de controle de rotina são bons.

A convalescência do Papa segue regularmente, segundo o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni. Francisco foi internado domingo à tarde no Hospital Gemelli de Roma para uma operação no cólon.

“Sua Santidade Papa Francisco – lê-se no comunicado – repousou bem durante a noite. Ao acordar, tomou café da manhã, leu alguns jornais e se levantou para caminhar.”

“O período pós-operatório é regular. Os exames de controle de rotina são bons” – acrescentou Bruni com base nas indicações dos médicos que cuidam do Pontífice.”

Segunda (05/07)

O Papa Francisco está em boas condições e atento. É o que afirma o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, no novo comunicado (5/7) sobre as condições de saúde do Papa após a cirurgia ocorrida na noite de domingo (04/07).

“Sua Santidade o Papa Francisco está em boas condições gerais, atento e respirando espontaneamente. A cirurgia para estenose diverticular realizada na noite de 4 de julho envolveu uma hemicolectomia esquerda e durou cerca de 3 horas”, disse Bruni.

Quanto à permanência do Papa no Hospital Gemelli, “prevê-se uma internação de cerca de 7 dias, salvo complicações”.

Domingo

Concluiu-se à noite a cirurgia à qual foi submetido o Papa Francisco, de acordo com um comunicado do diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni. “O Santo Padre, internado à tarde no Hospital A. Gemelli, foi submetido à noite a uma operação cirúrgica programada para tratar uma estenose diverticular do cólon”.

“O Santo Padre – explicou Bruni – reagiu bem à operação conduzida com anestesia geral pelo Prof. Sergio Alfieri, com a assistência do Prof. Luigi Sofo, do Dr. Antonio Tortorelli e da Dra. Roberta Menghi.”

“A anestesia foi feita pelo Prof. Massimo Antonelli, pela Professora Liliana Sollazzi e pelos doutores Roberto De Cicco e Maurizio Soave. Também estavam presentes na sala cirúrgica o Prof. Giovanni Battista Doglietto e o Prof. Roberto Bernabei”.

O Pontífice deixou a Casa Santa Marta no início da tarde.

Fonte: Vatican News e Convento da Penha

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Facebook