Orientações Paroquiais sobre a contenção do Covid-19

Vila Velha, 17 de março de 2020

ORIENTAÇÕES PAROQUIAIS SOBRE A CONTENÇÃO DO COVID-19

Estamos vivendo um tempo difícil, de insegurança, incertezas, de necessidade de muita precaução e oração. O Ministério Saúde tem dado as orientações de modo geral e aqui seguem as orientações específicas para a nossa paróquia, levando em conta o Decreto de Dom Dario Campos, publicado hoje. Nossas orientações valem até o final de abril.

  • Canceladas, em âmbito da paróquia, as reuniões diversas e de conselhos, catequese, teatro, retiros, adorações, visitas missionárias, grupos de oração, terço dos homens, procissões e eventos que aglomerem pessoas.
  • O prédio pastoral ficará fechado até o final de abril. A secretaria paroquial e a farmacinha, funcionarão normalmente.
  • Os horários de missa e celebrações das comunidades, bem como do Santuário, ficam mantidos. As missas e celebrações sejam mais curtas, não passando de uma hora. Com cantos e homilias breves.
  • As pessoas que apresentam sintomas suspeitos de coronavirus, incluído os da gripe comum, devem ficar em casa. Especialmente idosos, crianças e grupos mais vulneráveis.
  • As confissões individuais no Santuário estão canceladas, considerando a dificuldade de ventilação das salas de atendimento. O mesmo vale para as confissões comunitárias programadas para esta Quaresma, sendo as mesmas canceladas.
  • Os ministros que presidem as Celebrações da Palavra nas comunidades, tendo qualquer sintoma de gripe ou coronavirus não presidam as celebrações, nem distribuam a Comunhão Eucarística.
  • Como os idosos e enfermos são os mais vulneráveis, deve-se evitar as visitas a eles através dos Ministros da Eucaristia e outras pastorais de visitação em hospitais e casas de repouso. Que os doentes, me medida do possível, acompanhem a missa pela TV ou rádio e façam a sua comunhão espiritual.
  • Os freis somente visitarão casos urgentes em hospitais, resguardadas todas as precauções e normas de higiene.
  • Especial cuidado se deve ter aos velórios e exéquias, pois nesta situação as pessoas tocam muito os olhos e são cumprimentadas. É preciso higienizar sempre as mãos e seguir as orientações da Vigilância Sanitária.
  • Nas missas e celebrações, os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística higienizem as mãos antes e depois da distribuição da Sagrada Comunhão, de preferência com álcool em gel ou bacia com sabão.
  • A Confissão Paroquial da Primeira Eucaristia (21/3) e Renovação das Promessas do Batismo (28/3) ficam suspensas e remarcadas a partir de maio. O mesmo vale para as Celebrações de Primeira Eucaristia, marcadas para abril. Deverão ser remarcadas a partir do mês de maio.
  • A Programação da Semana Santa está mantida, suspendendo apenas as Procissões do Domingo de Ramos, do Encontro e do Senhor Morto. A Celebração Comunitária do Domingo de Ramos na Escola Irmã Felícia, conforme o folder, está suspenda. Cada grupo celebre na sua comunidade, sem a Procissão de Ramos.
  • Na Quinta-Feira Santa, omita-se o Gesto do Lava-Pés, já ouvido no Evangelho. E que não haja a Transladação do Santíssimo Sacramento.
  • Na Sexta-Feira Santa, fica suspensa a Celebração Comunitária do Perdão, pela manhã. A Celebração da Paixão do Senhor ocorrerá normalmente no Santuário. Não haverá a procissão para o beijo da cruz. A cruz seja elevada e todos, do lugar onde estão, façam uma profunda reverência.
  • No Sábado Santo, na Vigília Pascal, não faremos a bênção do fogo na área externa do Santuário. A celebração começará dentro do Santuário e faremos uma celebração mais curta.
  • A devoção da Via-Sacra, feita nas comunidades, está mantida. Quanto às Missas de Santo Antônio, feitas às terças-feiras no Santuário e Rosário, não haverá a benção e distribuição pão.
  • Diante dos inadiáveis compromissos econômicos da paróquia e comunidades, busquemos manter a fidelidade ao dízimo e a generosidade das ofertas.
  • Importante redobrar a cautela para não compartilhar notícias falsas. A mentira, além de prejudicar o enfrentamento da doença, gera pânico, agravado a situação.

Nossa Senhora do Rosário, nossa Padroeira, nos ajude e nos abençoe na travessia deste vale de angústias, sombras e temores. Convido todos a intensificarem suas preces e orações em família.

Fr. Djalmo Fuck, OFM

Pároco

Atualização (19 de março): As missas acontecerão somente no Santuário. As demais comunidades ficarão fechadas.

Atualização (24 de março): O Santuário, a Secretaria Paroquial e a Farmacinha estarão fechados a partir de amanhã (25/03) por tempo indeterminado. Durante este período não haverá missas.

Atualização (13 de abril): A partir deste dia, a Secretaria, a Farmacinha e o Santuário ficarão abertos de 8 às 18 horas. Serão recebidas doações para os mais necessitados neste momento que estamos vivendo. Entre os dias 14 e 17 de abril às 12 e 18 horas haverão missas curtas sem aglomerações para aqueles que desejarem receber a Sagrada Comunhão, no Santuário.

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Facebook