Mensagem do Ministro Provincial por ocasião do Natal

Caros confrades de todas as Fraternidades da Província da Imaculada Conceição, confrades das outras entidades da nossa Conferência dos Ministros Provinciais do Brasil e do Cone Sul, das demais obediências franciscanas, queridas Irmãs Clarissas e Concepcionistas, religiosas e religiosos franciscanos, irmãs e irmãos da Ordem Franciscana Secular, juventude franciscana, nossos queridos benfeitores e os tantos irmãos e irmãs que participam de nossa vida e de nossa missão nas cinco Frentes de Evangelização da Província, na proximidade com o carisma franciscano ou com nossas fraternidades, a todos vocês, Paz e Bem!

Mais um Natal se aproxima. Certamente, bastante diferente de outros que vivemos até aqui. Afinal, seguimos preocupados e inseguros por conta do longo tempo de pandemia que estamos atravessando. A situação permanece preocupante e grave, e por isso devemos seguir tomando todos os cuidados necessários.

Se o vírus nos assusta, por outro lado ele pode também nos tornar mais sensíveis e humildes, capazes de compreender melhor a proposta do Natal. Afinal, o Menino envolto em panos e depositado sobre as palhas é presença de Deus “todo poderoso” que decidiu se fazer “todo fragilidade” entre nós.

A cena do presépio, que a todos nós encanta e emociona, deve também despertar em nosso coração o sentido de cuidado mútuo e atenção recíproca. Mais do que em ocasiões de normalidade, torna-se maior o compromisso de estarmos atentos às necessidades uns dos outros, socorrendo e amparando nossos irmãos e irmãs que têm vivido duras experiências de perda e de dor.

Na dureza da pandemia, fazer brilhar a esperança do Natal é tarefa de todos nós. No Natal de 2020, Jesus pode nascer em cada telefonema ou mensagem de consolo a quem perdeu um ente querido próximo. O Menino de Belém também se faz presença na partilha dos dons e alimentos com aqueles que estão em dificuldade de atender às próprias necessidades mais fundamentais. O cuidado atento e amoroso de Maria e José se atualizam na postura ética, solidária e responsável de mantermos o respeito às normas do distanciamento social.

Olhando para o ano que passou e iluminados pelo sentido do Natal do Senhor que está bem perto, rendamos graças a Deus por caminhar ao nosso lado nas duras experiências que vivemos em 2020. Desejamos também lançar nosso olhar de esperança para o ano de 2021. O momento ainda é de grande cuidado e atenção pela vida. Queremos nos manter cuidadosos, mas firmes e esperançosos.

Como mensagem de alento e esperança, partilho um belo pensamento do Papa Francisco sobre o mistério do Natal:

“Nesta noite, do ventre da mãe Igreja, nasceu de novo o Filho de Deus feito homem. O seu nome é Jesus, que significa Deus salva. O Pai, Amor eterno e infinito, enviou-O ao mundo, não para condenar o mundo, mas para o salvar (cf. Jo 3, 17). O Pai no-Lo deu, com imensa misericórdia; deu-O para todos; deu-O para sempre. E Ele nasceu como uma chamazinha acesa na escuridão e no frio da noite”.

Desejo, de todo coração, a você e à sua família, fraternidade e comunidade, um Santo Natal e um ano novo repleto das mais generosas bênçãos de Deus.

Feliz Natal! Abençoado 2021! Paz e Bem!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Facebook