Inspirados em São Francisco de Assis, a Paróquia acolhe os novos Coroinhas

Paz e Bem!

Como Paróquia e família franciscana, com muita alegria, nos reunimos neste domingo em todas as nossas Comunidades a Solenidade de nosso Seráfico Pai São Francisco de Assis.

De modo especial na missa das 17 horas do Santuário do Divino Espírito Santo, seguindo os passos de São Francisco de Assis, no amor e no zelo pela Igreja e pelas coisas de Deus, crianças, adolescentes e jovens, que disseram sim, ao chamado do Senhor, receberam nesta celebração, a investidura, para exercerem o serviço de Coroinha em nossa Paróquia.

Em sua acolhida inicial, Frei Djalmo, que presidiu a celebração juntamente com Frei Adriano, destacou a alegria de celebrarmos neste dia a investidura, pois Francisco tinha um carinho todo especial ao altar e a Eucaristia.

Durante a homilia, o pároco mais uma vez ressaltou a felicidade deste dia e também de durante essa semana podermos celebrar São Francisco de Assis e Nossa Senhora do Rosário, padroeira de nossa Paróquia.

O frade também agradeceu às famílias dos coroinhas e acólitos, mas de modo especial à todos que se dedicaram à formação deles, os responsáveis por este trabalho tão bonito, orientado pelos coordenadores e por Frei Adriano.

São Francisco tinha enorme carinho para aquilo que nos fala do Sagrado, de modo especial o altar e a Eucaristia. Ele via na Eucaristia como Deus se entrega a nós por amor e dizia que cada vez que celebramos esse mistério tão divino e venerável, estamos celebrando um novo Natal no Altar do Senhor.

Inspirados no Santo, hoje, os novos coroinhas, acólitos e cerimoniários da Paróquia do Rosário, se entregam para dar o seu melhor, aquilo que têm de maios precioso, não fazendo esse serviço de qualquer jeito. Aliás, para Jesus sempre temos que dar o melhor e não aquilo que está sobrando ou fazer de qualquer jeito.

Por isso, quando nos reunimos para servir a Deus queremos fazer tudo com respeito, sacralidade, bom gosto e dedicação. Isso vale para todos que servem na liturgia para a Eucaristia, para que nós possamos bem rezar.

Frei Djalmo lembrou um episódio que marcou sua formação franciscana no seminário, quando estava na etapa do Postulantado em Guaratinguetá (SP). Certo dia, na primeira aula que teve de liturgia com um frade já falecido, ele levou a sua turma para a Sacristia. Os jovens pensavam que ali iriam aprender sobre os ritos da Missa e como usar os objetos litúrgicos.

Porém, para a surpresa deles, se depararam com uma vassoura e uma pá de lixo em cima da mesa e com isso, o frei mostrou a importância de antes de nos preocuparmos com os paramentos, devemos estar atentos com a dignidade do altar, daquilo que é sagrado. Devemos antes cuidar da casa, para que o sagrado seja vivenciado.

O pároco concluiu sua reflexão com a seguinte mensagem para os novos servos do altar de Jesus:

Inspirados em São Francisco, também tenham esse amor ao altar. Não façam de qualquer jeito, aprendam. Dêem o seu melhor e levem essa vida eucarística para a vida de vocês. Quem serve ao altar, precisa ser uma pessoa diferente. Precisa ser mais amorosa, piedosa; na escola, em casa, na vida da comunidade. Jesus é expressão do amor, da doação e da entrega. Viver a Eucaristia em todos os ambientes por onde passar.

O importante é estarmos do lado de Jesus, é ao lado dEle que precisamos estar. Não importa se perto ou longe do altar, assim como São Francisco esteve e por isso traz em seu corpo as marcas do crucificado. Que em nosso coração e em nossa vida possamos trazer aquilo que temos de melhor. Que Deus abençoe a cada um e as famílias por trazerem seus filhos para a igreja.

Em seguida, deu-se o Rito de Admissão dos Coroinhas, com uma das coordenadoras apresentando e atestando que as crianças, adolescentes e jovens estão aptos a prestarem seu serviço na liturgia. Os freis também questionaram a eles se estavam dispostos e tinham consciência da importância de seu serviço.

Ao final do rito, as vestes foram abençoadas e os padrinhos dos coroinhas puderam então os revestir pela primeira vez, e uma grande salva de palmas representou a alegria da comunidade paroquial pelo serviço destes servos de Deus.

A liturgia da Missa seguiu como de costume, que se encerrou com a Benção Solene de São Francisco de Assis e um grande viva ao Santo, à Nossa Senhora do Rosário e aos novos coroinhas e acólitos!

Clique aqui e confira a galeria de fotos.

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Facebook