Igreja Nossa Senhora do Rosário reabre para visitação

A Igreja Nossa Senhora do Rosário, localizada no Sítio Histórico da Prainha, será reaberta ao público para visitação. Às 11h desta quarta-feira (27) será realizada a cerimônia oficial de reabertura de visitações públicas. Construída em 1535, a igreja é a mais antiga do Espírito Santo e uma das três mais antigas do país. O horário de visitação pública será de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h.

A Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura realizou, na última sexta-feira (22), uma capacitação de 11 servidores efetivos, que atuarão no atendimento turístico na Igreja Nossa Senhora do Rosário. Na dinâmica, foi reforçada a necessidade de se repassar ao visitante acontecimentos históricos, personalidades, datas comemorativas e povos originários, entre tantos outros dados do berço da colonização espírito-santense.

O secretário de Turismo, Esporte e Cultura, Paulo Renato Fonseca Junior, enfatiza que o foco está no estímulo ao munícipe e turista, em relação à visitação de outros equipamentos históricos e culturais a partir da informação recebida pelos nossos atendentes. “O nosso trabalho é focado no resgate da história do Espírito Santo, que começou da Prainha em diante. É uma marca importante, que devemos cultivar como política pública municipal permanente”, explica Paulo Renato.

Segundo o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, a capacitação dos servidores faz parte do plano de valorização do turismo canela-verde e integra um plano amplo de divulgação dos recursos naturais, monumentos históricos e potencialidades do município. “Nossa cidade é o berço do Espírito Santo, que nasceu aqui na Prainha. A Igreja do Rosário é a mais antiga em atividade no país. Começar essa capacitação com nossos servidores por aqui é muito representativo. Vamos ampliar essa capacitação para que tenhamos atendimento humanizado e técnico”, comentou o prefeito.

Capacitação continuada – A Prefeitura de Vila Velha vai realizar treinamentos de forma contínua com os atendentes do município, bem como estender para colaboradores da hotelaria, bares e restaurantes, eventos, guias de turismo, barqueiros, motoristas de táxi e APPs, e outros prestadores de serviços ligados diretamente à atividade turística.

Fonte: Luiz Eduardo Neves, Secretaria de Cultura (PMVV)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Facebook