20 de julho: Dia do Amigo

O dom mais precioso que podemos ganhar do Senhor é um amigo. “ Um amigo fiel é uma poderosa proteção. Quem o achou, descobriu um tesouro.” (Eclo 6,14)

O amigo é alguém com quem podemos contar, que sempre nutre em nós a certeza de que não estamos sós. No encontro com o amigo verdadeiro, podemos dizer tudo, pois sabemos que não seremos julgados nem condenados, mas ouvidos e acolhidos diante da nossa situação. Com o amigo podemos ser nós mesmos, sem máscaras, sem receio nenhum, nem mesmo das repreensões e correções, pois ele, como amigo, vai nos dizer aquilo que precisamos ouvir, não o que queremos ouvir. Por aí, já podemos refletir quem, de verdade, são nossos amigos.

Será que os amigos que temos, hoje, apontam o caminho da verdade para nós? Será que eles têm a coragem de olhar em nossos olhos e dizer que estamos errados, que precisamos mudar de vida, que temos de nos emendar, porque a vida que estamos levando não é legal? Se temos alguém com coragem de fazer isso conosco, podemos dizer que, de verdade, é nosso amigo, porque, esse sim, quer o nosso bem, quer o melhor para nós.

A amizade, quando é de encorajamento à felicidade, quando nos coloca para cima e nos leva para Deus, é a mais bela das realidades!

Nos dias sombrios, difíceis e sofridos, sempre vamos sentir a necessidade de procurar o nosso amigo, pois, ali do seu lado, seremos reconfortados, encontraremos forças para seguirmos firmes, sem desanimar. Esse amigo não vai nos tirar da cruz, pois não tem poder para isso, mas tem a graça e a missão de ser o “nosso Cirineu”, aquele que vai nos animar e incentivar a nos mantermos firmes nessa hora difícil. Ele vai nos fazer entender que não estamos sozinhos, que podemos contar com a presença dele.

O amigo sempre estará presente, não importa a distância. Há uma música que diz: “Perto estás se dentro estás”. Quem realmente fez a experiência do encontro, quem encontrou esse tesouro, esse refúgio, não há distância nenhuma que tenha a força de romper esse laço, por isso deixa livre, deixa ir, deixa partir e conquistar novos horizontes, porque sabe que o encontro foi verdadeiro e nada nem ninguém têm a força de rompê-lo. Está dentro e podemos levar para qualquer lugar, sempre estará dentro.

Mesmo longe, o amigo se faz presente, porque é próprio da amizade ter necessidade de ser nutrida, alimentada. Assim como a planta precisa de água para se manter viva, a amizade precisa ser alimentada para dar bons frutos. Existem várias formas de alimentar uma amizade, e nisso o Espírito Santo é muito criativo. Busque em Deus qual o melhor meio, a melhor forma de fazer manter viva a sua relação de amizade.

O amigo é um refúgio, é um dos melhores presentes que podemos receber de Deus. Se é presente, é dom; se é dom, também é tarefa.

Procure cuidar bem desse presente que Deus lhe deu, que é a ajuda adequada, o suporte seguro para sua caminhada de santidade, aquele que lhe aponta o céu. Feliz aquele que encontrou esse tesouro. Parabéns a você por ter encontrado um amigo.

Fonte: Rita de Cássia (Canção Nova)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Facebook