Arquidiocese de Vitória Igreja pelo Mundo

Campanha de solidariedade pela Igreja Irmã de Lábrea

A Arquidiocese de Vitória realiza todos os anos no último final de semana de agosto, a coleta solidária em prol das obras pastorais e sociais realizadas na Prelazia de Lábrea. Com isso, todas as ofertas das celebrações e missas realizadas neste sábado (29) e domingo (30) nas 1019 comunidades da Arquidiocese de Vitória serão encaminhadas para o projeto Igreja Irmã.

Neste ano – mesmo no cenário de pandemia e com as adaptações que surgiram nesse tempo – a campanha está sendo mantida. Em uma carta encaminhada às paróquias no início do mês de agosto, o Departamento de Pastoral destacou a importância desse projeto que começou há 48 anos e contribui a cada dia com a transformação social das populações ribeirinhas da Prelazia.

Padre Renato Criste, Coordenador de Pastoral da Arquidiocese de Vitória, afirma que este gesto de solidariedade se torna ainda mais importante pelo contexto atual que estamos vivendo, pois certamente as comunidades e paróquias da Igreja particular de Vitória estão enfrentando desafios financeiros, mas na mesma proporção e até mesmo com maior dificuldade está a realidade da Igreja Irmã de Lábrea.

Ele também ressalta que cada paróquia em sua realidade, deve incentivar e promover a campanha: “automaticamente toda a oferta desse final de semana será destinada a evangelização na nossa Igreja irmã de Lábrea. Neste ano especificamente, não realizamos uma campanha com material impresso, dado o contexto e as incertezas da pandemia. Mas este será um momento para a gente despertar para a solidariedade e para a partilha. Sem dizer também que se trata de uma ação missionária, pois aquele que colabora com a evangelização através de recursos materiais também tem méritos de missionário.”

A coleta solidária que acontece neste final de semana é a principal fonte de recursos que mantém trabalhos pastorais e sociais do Projeto Igreja Irmã, em Lábrea, como formação bíblica e pastoral; envio de seminaristas e padres para experiências missionárias (em fevereiro deste ano os padres Tárcio e Rodrigo estiveram lá enquanto ainda eram diáconos transitórios) e o Barco Hospital Laguna Negra – uma parceria entre a Arquidiocese, a Prelazia e a Comunidade Epifania – que já realizou mais de 25 mil atendimentos médicos nas comunidades ribeirinhas desde 2013, onde esta é a única oportunidade de acesso a tratamentos básicos de saúde.

Sobre a realidade local, de acordo com o bispo da Prelazia de Lábrea, Dom Santiago Sánchez, a população se encontra recolhida devido aos riscos de contaminação pela Covid-19. As Igrejas também estão fechadas há meses, mas existe uma expectativa que sejam reabertas gradualmente após a festa da padroeira Nossa Senhora de Nazaré que começa neste sábado.

“A dificuldade primeira e fundamental que enfrentamos foi a de isolamento. Nosso trabalho tem que ser viajando, pois as comunidades estão no rio e no interior e atuamos com grupos de catequese, de pastorais e equipes de celebração. Já tem meses que não podemos visitar nossas comunidades do interior e é uma dificuldade pois elas estão ficando fracas”, detalha Dom Santiago.

Todo o recurso arrecadado pela campanha é destinado e distribuído no ano seguinte mediante envio dos projetos pelas paróquias da Prelazia, formalizando suas demandas principais de trabalho social e pastoral com orçamento para a Comissão Missionária da Arquidiocese de Vitória. Essa comissão fica responsável por analisar os pedidos e atender (de forma total ou parcial, de acordo com os valores disponíveis no fundo do Projeto) às solicitações do recurso de acordo com os critérios de relevância eclesial, pastoral e social.

Fonte: AVES

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

AGENDA PAROQUIAL 2020