Igreja pelo Mundo

Assembleia do Povo de Deus chega ao fim e cumpre seu objetivo

Paz e Bem!

A Assembleia Arquidiocesana do Povo de Deus chegou ao final e cumpriu seu objetivo de elaboração e aprovação do Plano Pastoral da Arquidiocese de Vitória. Na parte da tarde os grupos de membros  delegados, que estiveram reunidos na parte da manhã para ler, avaliar e opinar sobre os projetos do esboço do Plano de Pastoral, escolheram um representante para apresentar as observações sugeridas.

Dom Dario informou que com a conclusão da Assembleia, uma comissão irá preparar o Plano de Pastoral da Arquidiocese que será apresentado no Copavi, no dia 28 de março. Ele afirmou que assim como fez no início da Assembleia, visitando todas a Áreas Pastorais, ele retornará às Áreas para apresentar o novo Plano de Pastoral a todos.

Comunicados

Após esta etapa dom Dario falou sobre a possível aprovação, na Assembleia Geral da CNBB que será realizada no final de abril, do Regional Leste 3 da CNBB,formado pela Arquidiocese de Vitória e dioceses de São Mateus, Cachoeiro e Colatina.

“Estamos caminhando para isso, o que significa um sinal de maturidade da Igreja local. Vamos ter muitas  coisas em comum, agora com a nossa própria identidade”, observou.

O seminarista Vitor César Zille Noronha subiu ao palco para dar mais um comunicado. Ele informou sobre a criação da Escola de Fé e Política  da Arquidiocese de Vitória, que terá o nome de dom Silvestre Luiz Scandian, outra iniciativa de dom Dario. “É uma homenagem ao homem que soube fazer  essa ponte de fé e política, o Fórum Reage Espírito Santo, lutou contra o crime organizado, esteve a frente do Grito dos Excluídos colocando a Igreja de Vitória na rua ao lado dos pobres. Então Já temos um fruto para apresentar antes da Assembleia terminar”, brincou.

O vigário do Vicariato para a Ação Social, Política e Ecumênica da Arquidiocese de Vitória, Pe. Kelder Brandão falou sobre a  abertura da Campanha da Fraternidade na Arquidiocese, que será no dia 1° de março, 1° domingo da Quaresma, às 15 h com concentração na Catedral de Vitória. “A abertura da CF acontece em sintonia com o que está sendo refletido na Assembleia do Povo de Deus, Uma Igreja que abre as portas e que sai em missão dos que estão caídos a beira do caminho. Queremos o empenho e a participação de todas as comunidades e paróquias, apoio e participação dos clero, dos diáconos, seminaristas, das religiosas e das coordenações leigas,  das comunidades, pastorais sociais, movimentos e equipes de serviço e que também as catequistas que motivem as crianças e adolescentes para participarem do ato final na Praça Getúlio Vargas”, informou.

Outro comunicado importante foi dado por Dom Dario; a criação do Vicariato da Comunicação da Arquidiocese  de Vitória, cujo vigário será Pe. Anderson Gomes, que falou um pouco sobre as mudanças que vão acontecer como a construção de um espaço coletivo onde estarão trabalhando juntos todos os veículos de comunicação da Arquidiocese.

Após os comunicados, a Assembleia seguiu dando a palavra aos delegados que quisessem, individualmente, fazer alguma observação. Muitos se inscreveram e tiveram a oportunidade de sugerir algumas propostas para a Igreja de Vitória.

Em seguida  os assessores Pe. Andherson Franklin e Tânia Maria fizeram suas observações finais sobre a Assembleia, passando a palavra para Dom Dario que agradeceu a presença de todos e pediu que a Secretaria do Departamento Pastoral, Ana Maria Lemos, lesse a Carta de Conclusão da Assembleia do Povo de Deus.

Após a leitura foi realizada a celebração de envio dos participantes com a benção de Dom Dario.

Leia a Carta na íntegra.

Fonte: AVES

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

AGENDA PAROQUIAL 2020