Paróquia em Ação

9º Tempo Comum: “O Sábado querido por Deus”

O sábado foi instituído como dia sagrado principalmente por duas razões: como memória dos dias da criação, em cujo sétimo dia o Senhor descansara (Ex 20,11), e comemoração da saída da escravidão egípcia (Dt 5,15). Por isso mesmo, o sábado significava um dia de agradecimento e de libertação, celebrado com repouso de todos, inclusive dos animais e escravos (Dt 5,14).

Mas os fariseus e os escribas haviam complicado de tal maneira a observância do sábado, com dezenas de proibições e sutilezas, que o preceito do sábado se tornara um peso muito grande para o povo.

Jesus respeita o sábado, mas em seu sentido genuíno: dia em que se manifesta e se celebra a misericórdia e o amor divino, seja na criação amorosa das criaturas, seja na libertação dos males que impedem a felicidade. O mesmo se diga da observância do domingo, que substituiu o sábado para lembrar a ressurreição de Jesus, o grande gesto de Deus que recriou o universo e libertou em definitivo a humanidade do pecado e da morte.

Frei Clarêncio Neotti, OFM

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

AGENDA PAROQUIAL 2020

Facebook