Paróquia em Ação

Festa da Sagrada Família

Jesus: Deus e homem

Jesus de Nazaré é Deus e homem. A Igreja sempre teve o maior cuidado em manter firme esta verdade. Ao celebrar, hoje, a Sagrada Família, a Liturgia quer realçar o ambiente humano, concreto, em que se criou o Filho de Deus. Nada de fantasias ou imaginações. Uma família externamente igual a todas as famílias de Nazaré. Uma mãe, que tecia a roupa do marido e do filho. Um homem, pai legal de Jesus, que trabalhava na carpintaria. Um menino, que “crescia e se tornava gente” (Lc 2,40). Uma família normal e normal também na pobreza, uma família que levava a vida diária no trabalho, na oração, na alegria e no sofrimento. O homem se chamava José, ‘homem justo’ (Mt 1,19). A mãe era Maria, ‘agraciada por Deus’ (Lc 1,28). O menino se chamava Jesus que, por ser primogênito, fora consagrado ao Senhor, como mandava a lei de Moisés (Ex 13,2.12.15). E teve que aprender a ler e a escrever como todas as crianças de escola e decorar as orações costumeiras das famílias hebraicas.

por Frei Clarêncio Neotti, OFM

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

AGENDA PAROQUIAL 2020

Facebook